Resenha | Deixe a Neve Cair, de Lauren Myracle, John Green, Maureen Johnson


Finalmente natal, uma das melhores épocas dos anos para passar com a família, comendo e porque não, lendo? Pensando nisso, meu presente de natal para vocês leitores, é a minha resenha do livro Deixe a neve cair, que na minha opinião não é um livro maravilhoso, mas é o único que li que se passa na época do natal. Em Deixe a neve cair, o leitor tem contato com três contos que foram escritos por três autores diferentes, no qual é bem perceptível que cada um possui um modo bem diferente de escrever, por isso teve alguns contos que eu gostei mais do que outros, mas vou deixar de enrolação e vou começar logo essa resenha.



O primeiro conto é O Expresso de Jubileu, escrito por Maureen Johnson, no qual o leitor acompanha a aventura de Jubileu, um jovem que acaba sendo obrigada à ir para casa de seus avós, tendo que mudar assim todos os seus planos para o Natal, não podendo passar também o aniversário de namoro, com o seu namorado. Mas para melhorar toda a situação, acaba caindo uma nevasca, que impede o trem em que Jubileu estava de continuar sua viagem, a garota ao perceber que no transporte não possuía mais comida e também como estava frio por causa que estavam economizando energia do aquecedor, então Jubileu decide ir até uma Waffle House que estava próxima ao trem, em busca de comida e também um lugar mais quente. Mas no estabelecimento Jubileu acaba conhecendo Stuart, um garoto que está superando uma desilusão amorosa.

O expresso de Jubileu, é o melhor conto que está no livro, a escrita de Maureen Johnson é bem detalhada, mas não de um modo cansativo e todos os personagens são bem escritos e também divertidos, principalmente a mãe de Stuart. Eu acabei lendo esse conto, desejando que a escritora escrevesse um livro apenas para falar mais de Jubileu e Stuart, um dos melhores e fofos personagens que já li.



É a partir do segundo conto que o livro desanda, e para mim O milagre da torcida de natal, escrito pelo John Green, foi bem entediante de se ler. Aqui teremos um grupo de amigos, formado por Tobin, JP e a Duke, e que no meio de sua maratona de filmes do James Bond, acabam recebendo uma ligação do seu amigo Keun, que avisa muito animado que a Waffle House – sim, a mesma que a Jubileu estava – está cheia de líderes de torcida, e que os garotos tinham a obrigação de ir para lá. Porém com a nevasca que estava caindo na cidade, o caminho não seria nada fácil, e para melhorar a situação eles teriam que enfrentar outro grupo de garotos que também iriam para o mesmo local, e apenas o primeiro grupo que chegasse na Waffle House, poderia entrar e ficar observando todas aquelas belezas que estavam no local.

Nesse conto temos uma escrita muito lenta mesmo, a história que poderia ter mais aventura, acaba sendo rodeada de diálogos que na minha opinião não eram tão importantes e que poderiam ser retirados do livro sem nenhum problema. Outra coisa chata, foi JP, ele é aquele típico garoto engraçadinho que toda história precisa ter, mas que acabou sendo uma “pedra no sapato”, de tão sem sal que ele é. 



Para terminamos, tem Lauren Myracle que escreveu O santo padroeiro dos porcos, que não foi o melhor e nem o pior do livro, mas aquela história que dá pra “quebrar o galho”. Nesse conto, conhecemos Addie que acaba de sair de um término de namoro, e como imaginado, a garota está simplesmente arrasada com toda a situação e não consegue fazer outra coisa, se não chorar e pensar na besteira que havia feito. Só que Addie quer aproveitar esse momento, para mostrar para suas amigas e para si mesma, que não é uma garota egoísta. Mas será se ela realmente consegue?

Esse é o conto mais leve do livro, a autora tentou colocar algumas cenas divertidas, mas que eu acabei achando um pouco estranha ou constrangedora, mas o ponto principal é de como Addie mudou tanto daquela garota que nos é apresentada no começo do conto, de como amadureceu e tornou-se uma pessoa melhor.

No final temos todos os três contos se interligando, e tendo todo aquele clichê de final feliz, e que claro, eu concordo, pois o natal é um momento especial e que não seria nada agradável ler uma história triste. Bom, esse foi o primeiro livro que li que é composto por contos e também que fala sobre o natal, e devo dizer que não foi uma experiência tão boa. Mesmo o primeiro conto sendo maravilhoso para mim, os outros dois acabaram sendo bem arrastados e dificultoso de se ler, sei lá, mas os autores deveriam aproveitar mais essa época e esse clima de neve para focar não apenas em relacionamentos amorosos ou de amizade, mas trazer também todo o lado familiar junto, mas não foi isso que aconteceu. 


Nota:

Ficha Técnica
Título: Deixe a neve cair
Título Original: Let It Snow
Autor (a): Lauren Myracle, John Green, Maureen Johnson
Editora: Rocco
Lançamento: 2013
Páginas: 336
Sinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem , mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores bestsellers John Green , Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor , inteligados, com direto a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.


6 comentários :

  1. O santo padroeiro dos poros, pelo título deveria ser o melhor conto, mas não podemos julgar o livro pela capa. Jhon Green é Jhon Green, não curto muito mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Olá Marco, tudo bem?
    Owmm sinto muito que você não tenha curtido essa leitura, pois eu gostei muito. Apesar de ser bastante clichê e previsível os contos são bem escritos e sim interligar tudo no final feliz no final do livro já era esperado afinal são contos natalinos kkk mas fazer o que? Eu gostei. Desejo ótimas leituras para você em 2017. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do primeiro e do último, então eu leria para saber como tudo se liga no final.


    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu também já li esse livro mas, ao contrário de você, curti todos os contos e achei sensacional a maneira que um é ligado ao outro. Foi um livro muito divertido e gostoso de ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Esse é um livro que quero ler e tem algum tempinho. Parece ser legal, ao menos em outros blogs vi comentários positivos. Por outro lado após a sua experiência, o fato de você não gostar e comentar sobre clichês, já me deixou com uma pulga atrás da orelha. Vou pesquisar mais então, pois não dá para gastar em qualquer livro.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oiii Marco, tudo bem?
    Menino eu fiquei louquinha pela sua resenha, li esse livro ano passado na época de natal e fiquei até imaginando a neve, é um livro encantador e fascinante.
    Beijinhs

    ResponderExcluir

Designed by OddThemes | Distributed By Gooyaabi Templates