Resenha | Menina Má, de William March



É fato que o terror se reinventa. Afinal não é fácil agradar um público cada vez mais cético. Mas, se tem um tema no terror que sempre surpreende, é serial killer. E os psicopatas tem mais inclinação para esses crimes.

Menina má, escrito há quase 70 anos, não nos traz terror em si, mas desespero ao lermos o enredo. Criança na trama sempre nos rende falta de ar. Temos a criança como imagem da inocência... Mas, não nossa Rhoda. “Aquela ali eu sei que é capaz de qualquer coisa”, nas palavras do ressentido e imoral zelador Leroy , que descobriu da pior forma que estava certo. Rhoda é o contraste perfeito da face de anjo da ingenuidade da criança com a face fria e calculista de uma assassina hábil.

Nos diálogos vemos os pudores na época em que March escreveu o livro, década de 50. Coisas que hoje nos pareceriam óbvias, na trama acaba gerando suspense. Contudo, ainda assim, nos sentimos aflitos com a perspicácia da garota. Christine, a mãe, é aquele estilo de mãe bem a época... Dona de casa, marido sempre fora de casa a trabalho, bem arrumada, educada e com muito tempo ocioso, se divide entre as tarefas de casa, os cuidados com a filha e conversas com sua melhor amiga e vizinha Monica.

Um acontecimento quebra a rotina de Christine, e a deixa intrigada. Pois, somada a outras coincidências a preocupa. Será que Rhoda teve algo a ver com a morte do coleguinha de escola? Christine não consegue pensar que não, e começa a relembrar eventos acidentalmente trágicos que ocorreram na presença da filha. A queda do cachorro da família do segundo andar, a morte da vizinha que caiu da escada... E sempre com Rhoda obtendo algum beneficio. Christine começa a pesquisar sobre psicopatas, assassinatos, principalmente aos que iniciaram jovens suas curiosas carreiras. Nessa constante preocupação, ela tem lapsos de memórias que a atormentam, não sabe se são reais ou apenas peças da mente. Aos poucos descobre seu próprio passado conturbado.

Nesse contexto, é aberta a discussão: será que a maldade surge de acordo com a necessidade, ou a ocasião em que se apresenta? Ou será que ela é nata, uma sementinha que germina dentro de cada um, passando entre as gerações? Christine tentou, em vão, chegar a uma resposta. Mesmo diante do drama da mãe, o que prevalece ainda é a atitude dissimulada de Rhoda, sua incapacidade de sentir amor ou ódio... Prevalece sua insaciável cobiça.

Nota:


Ficha Técnica
Título: Menina Má
Título Original: Bad Seed
Autor: William March
Editora: DarkSide Books
Ano de Lançamento: 1954 – Edição de: 2016
Páginas: 195
Sinopse: Publicado originalmente em 1954, MENINA MÁ se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivos comuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro “apavorantemente bom”. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, MENINA MÁ ganharia uma montagem nos palcos da Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark. Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.

MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.

28 comentários :

  1. Eu sou completamente apaixonada por essa história e ainda nem li o livro hahahaha
    A capa também é incrível <3

    literarizandomomentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Leia sim, é muito bom! Beijos, obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Nossa, eu estou louca para ler esse livro! Parece ser realmente interessante, sem falar dessa capa super atrativa.
    Parabéns pela resenha ;-)

    ateoriadaslaranjas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Leia assim, e me disseram que o filme também é ótimo! Obrigada pela visita! Beijos.

      Excluir
  3. Oiii Janaina, tudo bem?
    Fiquei apaixonada pela sua resenha menina, esse é um dos livros da Darkside que mais tenho interesse em ler, ótima resenha querida.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Fico muito feliz que tenha gostado! Leia sim, vale muito a pena... Obrigada pela visita.
      Beijos!

      Excluir
  4. Oiee
    Assim como todas as edições da DarkSide essa também é linda demais <3
    Já tive o prazer de ler e achei sua resenha ótima.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii! A Dark se supera né? Fico muito feliz que tenha gostado, adorei essa leitura também! Beijos!

      Excluir
  5. Olá, tudo bem?
    Sou louca por esse livro, e sua resenha me deixou mais curiosa sobre essa leitura que promete ser maravilhosa.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii! A leitura realmente surpreende! Muito obrigada pela visita! Beijos!

      Excluir
  6. Olá Janaina tudo bem?
    Eu já ouvi falar desse livro, mas sinceramente ele não me atrai. Talvez seja o gênero que não faz meu estilo. De qualquer forma amei a sua resenha e estou no aguardo de novas dicas. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii! Fico muito feliz q tenha gostado, muito obrigada pela visita! Beijos!

      Excluir
  7. Oii, tudo bem? Menina, acredita que eu nunca tive vontade de ler esse livro? Já vi falarem muito bem dele, mas nunca tive aquela sincera animação para ler ele haha. Todavia, adorei a resenha. Seu blog é uma gracinha! Beijos

    Julia - Perdida em Histórias

    ResponderExcluir
  8. eu to namorando esse titulo há séculos *-*
    adorei ver a Darkside lançando ele...
    amo essa temática e certamente vou curtir a leitura...
    bj ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oiii... adoro essa temática também! Obrigada pela visita! Beijos!

      Excluir
  9. Nossa, eu não sabia que tinha livros de terror com uma criança como serial killer. Achei bastante inovadora a ideia - pelo menos pra mim. Além dessa capa que é MARAVILHOSA! Aqui não carregou a imagem com a nota do livro, poderia me dizer qual foi?

    Beijo,
    http://subscrevendome.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oiii, então, essa temática me atrai muito também. Dei nota 5 de 5. Particularmente gostei muito, a obra foi bem escrita, os personagens bens estruturados e com conflitos bem particulares. tem muitas criticas a respeito do final. Porém quem é leitor de terror e suspense sabe, que um livro tem sempre um final subentendido, faz parte do impacto, pra não parecer obvio demais! Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  10. Olá!
    Eu tenho um pé atras com essa editora e li algumas resenhas negativas dessa obra, então tinha decidido não lê-la.
    Sua resenha me balançou um pouco, pois amo histórias nesse estilo e pelo visto você ficou fascinado pela obra. O que faço agora? Bom, eu vou tirar as minhas próprias conclusões e ler o livro!
    Abs e parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, que bom que gostou, fico muito feliz! Eu particularmente gostei muito da obra, até porque o gênero me atrai muito! A obra recebeu muitas criticas, principalmente devido ao final, porém, quem é leitor de terror e suspense sabe, que esse gênero sempre tem um final subentendido, que é pra causar impacto, pra não parecer obvio demais. Obrigada pela visita!

      Excluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não leio livros desse gênero, mas é por falta de oportunidade mesmo, porque curiosidade e vontade tenho de sobra. Esse livro tem uma premissa bem interessante, imagino que deva ser bem bacana acompanhar tudo. Além disso, sou apaixonada nessa capa, que para mim é uma das mais lindas que já vi.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muito obrigada pela visita! Esse gênero me fascina, nunca me decepcionei lendo. Leia sim... vale muito a pena! Beijos!

      Excluir
  12. Olá Janaina, tudo bem?

    Eu adorei Menina Má, gosto muito de suspense e terror. A obra teve fortes influências mesmo na cultura pop. Adorei a sua resenha, curta e objetiva!
    A Darkside arrasou com essa linda edição!
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada pela visita! Adoroooo suspense e terror também, são meus favoritos. Fico muito feliz que tenha gostado e a Dark realmente capricha! Beijos!

      Excluir
  13. Eu era tão pequenina quando assisti o filme, que pela época era muito pesado. Não me esqueço das sensações de desconforto e incompreensão. Quando soube que a DarkSide publicaria o livro vibrei! é sempre bom ler resenhas pra comparar opiniões, apensa que dessa vez todas foram positivas.
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muito obrigada pela visita! Realmente o enredo é pesado mesmo... uma criança vendo outro com tanta maldade é desconcertante! Eu particularmente por adorar o gênero, não me arrependi da leitura, gostei muito. Beijosss!

      Excluir
  14. Eu me interesse pelo livro assim que vi a capa, mas lendo a resenha eu me interessei mais ainda.
    O livro parece ser exatamente aquele lance do " Nem tudo é o que parece ser".
    Gostei muito da resenha!

    Sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Obrigada pela visita! Obrigada, ,fico muito feliz que tenha gostado... realmente a história é surpreendente! leia e depois nos conte o que achou! Beijos.

      Excluir

Designed by OddThemes | Distributed By Gooyaabi Templates